Dentisteria

É a área da medicina Dentária responsável pelo estabelecimento da anatomia original dos dentes. Visa: Tratamento de cáries, de fracturas e alterações da estrutura mineral dentária. Também abrange o branqueamento dentário.

 

O que é a cárie dentária?
É uma doença causada pelas bactérias existentes na boca.  Estas bactérias usam os alimentos que nós ingerimos para produzirem ácidos responsáveis pela destruição dos dentes. 
Nem só os doces causam cáries!!!Se não se efectuar a escovagem dentária, quase todos os alimentos podem ser usados pelas bactérias, e assim levar à cárie dentária.

Cuidados para prevenir a cárie dentária
Escovar os dentes no mínimo 2 vezes ao dia com uma pasta com flúor.

Conselhos:
– Alimentação saudável e diversificada (lacticínios, vegetais e fruta)
– Visita regular ao dentista

O que é o branqueamento dentário?
O branqueamento dentário é uma técnica que visa tornar os dentes mais claros, sem que isso afecte ou altere a sua estrutura mineral. O gel colocado nos dentes permite a realização de uma série de reacções químicas que alteram os pigmentos, deixando os dentes visivelmente mais brancos.

O que pode escurecer os dentes?
Há várias causas que podem escurecer os dentes de uma forma mais ou menos irreversível:

– Ingestão frequente de alimentos corantes tais como: café, chá, Colas, vinho tinto, etc..
– Tabaco
– Escurecimento dentário causado por determinados antibióticos (tetraciclinas) tomados durante a formação dentária ( na fase de criança)
– Manchas dentárias devido à ingestão elevada de flúor, causada normalmente pela deglutição da pasta dentífrica em conjunto com outras fontes de flúor ( até aos 8 anos aproximadamente)
– Doenças sistémicas durante a fase de formação dos dentes
– Dentes que sofreram um traumatismo há algum tempo e/ou que foram desvitalizados

Como é feito o branqueamento dentário?
Na consulta inicial deve ser feita uma destartarização para eliminar os pigmentos mais externos e facilitar o contacto do gel branqueador com os dentes.
São depois feitas impressões aos maxilares para permitir a confecção de goteiras em acrílico adaptadas exclusivamente à boca de cada paciente.
Numa consulta posterior é explicada a técnica de colocação do gel branqueador nas goteiras, e que o paciente deverá executar em casa. Em norma aplica o producto branqueador 3-4h por dia, durante 7 dias. Após esse período regressará ao consultório para avaliar a eficácia ou a existência de efeitos adversos, nomeadamente de sensibilidade dentária que pode ser revertida mediante aconselhamento por parte do médico dentista.

Quais as contra-indicações?
É importante que seja feita uma consulta prévia de avaliação do estado de saúde oral e de determinação da causa do escurecimento dentário. Há situações que contra-indicam a realização de branqueamentos dentários, nomeadamente:

– Cáries dentárias
– Doenças gengivas activas
– Dentes com raízes expostas
– Dentes com muita sensibilidade
– Dentes com grandes restaurações
– Grávidas
– Crianças e crianças